Você sabia que o compressor acumula água em seu reservatório? Então fique por dentro e descubra como evitar isso!

A compressão de ar é um processo ao qual gera calor por sua natureza, nele leva a condensação da umidade do ar atmosférico que aos poucos vai se acumulando no reservatório  de ar comprimido.

Esse acúmulo de água que se forma no vaso de pressão prejudica a estrutura do reservatório, causando ferrugem nas paredes internas. O ferrugem se alastra facilmente de dentro pra fora, e se não houver uma manutenção preventiva, a percepção do problema só se dá quando observamos o furo do lado de fora.

Quando isso acontecer, o vaso de pressão estará condenado e você deverá substitui-lo imediatamente, mesmo que aparentemente ele esteja em boas condições. Por isso realizar o teste hidrostático é uma excelente opção para saber como está a vida interna do seu reservatório, além de garantir a segurança contra riscos de explosão. (Veja abaixo reportagem de explosão causado por falta de manutenção preventiva).

Um fator importante destacar é que a água contém também fragmentos de peças do compressor, resíduos de óleo que podem ir para o ponto de utilização, podendo danificar equipamentos e ferramentas ou ainda pior, trazendo malefícios a saúde. Se você trabalha com clinicas, consultórios médicos ou hospitais, opte por compressores isentos de óleo.

Entendemos que a retirada de água deve ser feito com a maior frequência possível, já que cuidar do motor e do cabeçote não é o suficiente. O conjunto todo da unidade compressora deve ser observada com muita atenção.

Existem duas formas de se retirar o acumulo de água.

A primeira maneira, você poderá fazê-la através do purgador manual que todo compressor com reservatório possui. Nesse purgador, você poderá optar pela compra de um alongador de purgador, onde o acesso poderá ser facilitado, bastando apertar ou puxar a alavanca (dependendo do modelo) até que toda água possa sair do reservatório. Fique atento! Ao fechar não se deve apertar demais o purgador com ferramentas para que espane a rosca nem quebre parte do seu corpo.

A segunda maneira que é a mais conveniente e fácil. Trata-se da instalação de um purgador eletrônico. Nele é feito a drenagem automática que pode ser definido o tempo de acordo com o tipo de purgador adquirido. Esta é a forma mais eficiente de manter mínima a taxa de umidade. A HidroChagas Compressores possui técnicos capacitados para realizar a instalação de purgadores eletrônicos, já que envolve parte elétrica e demais conexões diferentes.

Tem alguma dúvida? Solicite contato de um de nossos representantes clicando aqui.

Compartilhar